CAMPO DOS GUAICURUS

CAMPO DOS GUAICURUS

quinta-feira, 5 de julho de 2012

A QUÍMICA ESSENCIAL E O PASSAR DO BONDE


REFERÊNCIA DA IMAGEM: palafitabanda.blogspot.com

A QUÍMICA ESSENCIAL. "Química", dizem; "Não teve química". Essa frase justifica uma recusa, de uma das partes, predominantemente lado feminino, muitas e muitas vezes, quando o cara deixa escapar para o campo estético o início de uma decisão... E a estranheza é que as mulheres são primordialmente preocupadas com química, mesmo de outras naturezas mais nobres.

Mas a "química" visual e financeira (segurança), conforme a situação, principalmente na sociedade atual, opera para muitas o "vai ou não rolar".

Vejo na noite, os assédios, as recusas, os aceites, o encontro de interesses e choque de desinteresses. Muita coisa não mudou, a partir das escolhas democráticas, em sociedades livres. Mas isso leva ao ponto, a química verdadeira em que duas pessoas se unem para testar até onde o cansaço assume, por motivos capitaneados pela rotina e definitivamente se vê o caso do amor contratual (emprestemos aqui para a palavra 'contrato' o divórcio de razões jurídicas e outras formais, o separemos dessas noções específicas e frias), tendo-se em contrato apenas o sim, o elo, de fato. Sei, existem exceções lindas, fantásticas, mas nego-me a aceitar que de fato se derrote plenamente a natureza; infelizmente chega cada vez mais cedo essa hora (desconsideremos aqui os "artistas" brasinovelais, trariam dados irrelevantes, e algumas, como sempre, poucas exceções): "E aí? Vamos repensar o relacionamento?" (o que equivale em prevalência para os términos...).

A química essencial define um relacionamento duradouro e feliz, sem que se coloque nessa palavra ingenuidades acerca da verdadeira natureza humana com seus interesses e motivações genuínos. A química essencial é para o durante, essa é que dará para a memória seus presentes e não há como evitar que o tempo passe e as folhas passem do verde para o amarelo/vermelho e para a sequidão e depois para a renovação... Renovação; opa! Eis aqui o elixir do vigor amoroso, mas essa química são de outros 500, melhor, de outras 500 químicas 'celulares' essenciais...

Felizmente todos, seja de maneira ou outra, tem direito ao quinhão essencial; claro, infelizmente existem pessoas tão estúpidas que o bonde passa 300 vezes e se não está escrito em garrafais palavras BONDE, ficam de boca aberta olhando e esperando, esperando... e o bonde, ele SEGUE. Seguimos...

Nenhum comentário: