CAMPO DOS GUAICURUS

CAMPO DOS GUAICURUS

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

O PARAÍSO É PUNK... MAS...


REFERÊNCIAS DAS IMAGENS:

mtv.uol.com.br
pequenosecriativos.blogspot.com
wwwprincesaportugal.blogspot.com
foreverornitorrincos.com
arteosilenecosta.blogspot.com
motimemselvasurbanas.blogspot.com

A IDÉIA DE PARAÍSO ESBARRA EM UMA GRANDE DIFICULDADE DE CONCEITUAÇÃO E ACEITAÇÃO, SE REFLETIRMOS EM UMA CRÍTICA DE SARAMAGO. SARAMAGO, SUSPEITÍSSIMO EM ASSUNTOS CRISTÃOS OU GENERICAMENTE RELIGIOSOS, POR SER ATEU, NÃO É, PORÉM, SUSPEITO EM CASO DA INTELECTIVIDADE FILOSÓFICO-REFLEXIVA. É INTELIGENTÍSSIMO, E SE NÃO PUDERMOS USÁ-LO COMO BASE DE REFLEXÃO PARA ASSUNTOS EM UM BLOG, ANULEMOS O UNIVERSO COM TUDO QUE HÁ NELE.



A DIFICULDADE PROPOSTA POR SARAMAGO É QUE NEM MESMO A INFINITA BONDADE CELESTIAL E A INTENSA POMPA DOS CÉUS PODERIA EVITAR O TÉDIO: “OUVIR HINOS EM GLÓRIA A DEUS ETERNAMENTE, CONTEMPLANDO...”. A CONTEMPLAÇÃO ININTERRUPTA TEM UM NOME TERRÍVEL NA TERRA: “DEPRESSÃO”, OU PIOR “DOENÇA”, ALÉM DE SUBSTANTIVOS E ADJETIVOS PIORES AINDA.


A AVENTURA, POR MENOR QUE SEJA, É QUE MOVE A ESPIRITUALIDADE HUMANA, A MOTIVA. TENTE LEMBRAR-SE DE SEUS OU MOMENTOS ALHEIOS DE GLÓRIA, DE BRILHO, DE TESÃO. CERTAMENTE HAVERÁ GRAUS DE TRANSGRESSÃO. O PRÓPRIO APRENDIZADO É TRANSGRESSÃO, É MUDANÇA. A VINDA À VIDA É UMA BRUTAL MUDANÇA ATESTADO POR CHOROS INTENSOS... SAIR DAQUELA BARRIGA QUENTINHA COM TUDO “À MÃO” PARA A “INSANIDADE” E MAIOR DAS AVENTURAS, QUE CHAMAMOS DE MUNDO.


SEXO. UM PALADINO CRISTÃO DOS MAIORES COTURNOS NO MUNDO DA ESCRITA, INAUGURAL EM UM TIPO DE SENSACIONAL ESCRITA, NÃO SE ESCONDEU DE APONTAR A TRANSGRESSÃO, O BOM HUMOR SURREAL COMO ÓTIMO AO ESPÍRITO E SIMPLESMENTE IMPRIMIU A LOUCURA COMO A MAIOR DAS DÁDIVAS ESPIRITUAIS E NÃO A LUCIDEZ E ORGANIZAÇÃO METÓDICO-REPETITIVA. ERASMO DE ROTERDÃ DÁ OS MAIORES GALÕES POSSÍVEIS À AVENTURA CONSTANTE DA LOUCURA EM SUA VERSÃO NÃO VIOLENTA. A LOUCURA DAS CRIANÇAS AINDA EM UMA COMPREENSÃO COMPLETAMENTE PLÁSTICA E “LIQUEFEITA” SOBRE OS CONCEITOS, COMO A CADUQUICE DE NÓS QUANDO VELHINHOS, COMO EXEMPLO.


SEGURAMENTE O PUNK TRAZ ERROS, ENTRE ELES A PRÓPRIA VIOLÊNCIA, MUITAS VEZES, EM UM FORMATO DISPENSÁVEL. MAS É O PUNK QUE, JUNTO COM O SURREALISMO, SEM DROGAS, SEM PORCARIA SINTÉTICA OU NATURAL, A NÃO SER ÀS VEZES UMA TAÇA VINHAL OU CANECA CERVEJAL, CREIAM, TAMBÉM DISPENSÁVEIS AO SURREALISMO-PUNK, PUNK SURREALISMO SE A VONTADE É PRA VALER, É QUE FICAM DISPONÍVEIS AS VERDADEIRAS “PORTAS DA PERCEPÇÃO”. COMO ATINGIR ALTOS GRAUS DE PERCEPÇÃO SEM INTELIGÊNCIA? BÊBADOS? DROGADOS? NÃO, NÃO MESMO... SEMI-EMBRIAGADOS, SIM... QUANDO A INTELIGÊNCIA AINDA REGE... DROGADOS? DE MÚSICA, DE FROUXIDÃO ÀS RÉDEAS DO PENSAMENTO E SENTIMENTOS... MAS EM SEGURANÇA... NÃO É PRECISO SER TOLO E IMPRUDENTE, NÃO É PRECISO SE ENTREGAR A SATÃ PARA ATINGIR ALTOS NÍVEIS DE LOUCURA... DE LIBERTAÇÃO ESPIRITUAL... O DIVINO ESTAR PODE DAR ESSA EMBRIAGUEZ, O SANTO DOS SANTOS NÃO SÓ PARECE TER BEBIDO VINHO, COMO O MULTIPLICOU E DELE FEZ UM DE SEUS SIGNOS, “ESSE É MEU SANGUE” (REPRESENTAÇÃO).



A ARTE É A MAIOR DAS PROSTITUTAS... É A PIOR-MELHOR DAS GRANDES VADIAS DA VIDA. QUANDO DIGO PROSTITUTA, NÃO A COLOCO SOMENTE NO FEMININO. A SUPREMACIA MASCULINA SÓ SERVE NA LINGUAGEM PARA LEVEMENTE ORGANIZÁ-LA. MAS NA PODEROSA LINGUAGEM ESPIRITUAL, NÃO INDEPENDENTE DO TEXTO COMO NÃO INDEPENDENTE É A ALMA DO CORPO E O CONTRÁRIO, O SEXO SE TORNA NULO DO PONTO DE VISTA GÊNERO... NÃO HÁ SEXO... :o) ... POR ISSO SE DISCUTE TANTO O SEXO DOS ANJOS... ELES NÃO O TÊM, MAS O TÊM... MAS ISSO É PARA OUTRA BLOGADA, CERTO :o). O PARAÍSO É PUNK, O PARAÍSO É SURREAL. SUPREMO, O PODEROSO DOS PODEROSOS, DEUS PERMITIU COISAS QUE, SENDO SUPREMO NO TEMPO E NO ESPAÇO, ONIPRESENTE, PODERIA VETAR OU MODIFICAR IMEDIATAMENTE. PODERIA TRANSFORMAR TUDO EM ROBÓTICA TOLICE, MAS NÃO O FEZ. DEIXOU INCLUSIVE AVANÇAR UM PLANO QUE RESULTOU NA FAMOSA E UM INCONTABILHÃO DE INSUFICIENTEMENTES VEZES EXPLICADA REVOLUÇÃO DE ANJOS, LIDERADA POR AQUELE QUE ANTES ERA O MAIS BRILHANTE DOS ARCHANJOS, LÚCIFER, E QUE ESTE FIZESSE UM GRANDE, EMBORA INFAME PAPEL NA HISTÓRIA CELESTIAL.


NÃO, NÃO MESMO, NÃO DÁ PARA DEIXAR DE ACOMPANHAR SARAMAGO EM SUA COLOCAÇÃO DE QUE É PRECISO ESPERAR MUITO MAIS DE UMA ETERNIDADE LUMINOSA, DE UM PARAÍSO CELESTE, QUE OUVIR REPETITIVAS CORNETAS E COROS ANGELICAIS, INFINITAMENTE, E PASSEAR E SORRIR COMO TOLOS ANIMAIS QUE SÓ PRECISAM DE PASTO E ÁGUA. O ESPÍRITO QUE DETÉM UMA LINGUAGEM COMPLEXA COMO A NOSSA NÃO PODE QUERER MENOS QUE UM PUNK “PERFEITO” (LEMBRANDO QUE SE É PUNK NÃO É PERFEITO), E UMA ORGANIZAÇÃO SURREAL JÁ QUE BRETON E DALI ACENARAM, AINDA INSUFICIENTEMENTE, OS PODERES AO ALCANCE DO HOMEM, ENTENDENDO-SE QUE A ARTE É UMA PROSTITUTA, A MAIS MARAVILHOSA NELAS, NÃO FEMININA, NÃO MASCULINA, PUTA COMO GENI, PUTA QUE NÃO COBRA NO SENTIDO PURAMENTE ARGH... QUE NOME FILHO DA PUTA “CAPITALISTA”... PUTA NO SENTIDO HEDONISTA-DIONISÍACO... UM GRANDE PRAZER, MAS IMPREVISTO...


A MARAVILHOSA E ÚNICA MÚSICA DO NOSSO AMADO “CHICO”, GENIAL “GENI E O ZEPELIN” ESCLARECE ESSA IMPREVISÃO, ESSA IMPOSSIBILIDADE DE CASTRAR O ESPÍRITO LIVRE, POSSIBILIDADE DE APENAS REFREÁ-LO COM O PESO DO REMORSO, CÂNCER DA ALMA... O PUNK É AINDA UMA TITÂNICA, INCALCULÁVEL POSSIBILIDADE, SE O RETIRARMOS DE SUA CONDIÇÃO HISTÓRICA, DE SEU CONFUSO “EXPLICAR-SEQUE LEVAM TOLOS A APENAS CONTORNAR SUAS PORTAS EXTERNAS E CRITICAR RASAMENTE; O MESMO DO SURREALISMO... É NOSSO... MAS É PRECISO “NO FEAR”... E SE HÁ MEDOS, AMEAÇAS, LEIS DRACÔNICAS, MESMICE, MEDIOCRIDADE NO PARAÍSO, QUE PORRA DE PARAÍSO É ESSE?


BLOGADA INSPIRADA EM CONVERSAS COM BIRA DANIELS, VOCALISTA DA STUDIO 89, PROFESSOR  PHD DE AMIZADE E PRESENTEADOR DA OBRA “MATE-ME POR FAVOR – Uma história sem censura do PUNK”.

4 comentários:

Valdir DM disse...

Jorge: estou sempre por aqui, no seu blog, embora muitas vezes silencioso. "Só escrevo quando tenho certeza", ou quando um contraponto se torna (na minha visão de leitor)necessário.

Saramago merece vários contrapontos. Começa que é um escritor difícil de ler, um filósofo que não inspira seu leitor (ou seja, não é um bom filósofo). Suas colocações sobre as contradições bíblicas são boas, mas poderiam ser muito melhores. Quanto à "chatice do Paraíso", é fazer pouco caso de Thor achar que lá só haveria cânticos, adorações e tédio imortal.

Vamos por partes. Vamos tirar essa adoração daí. Se Thor criou tudo, e tudo pode, porque precisaria depender, para seu "maior prazer", de ser adorado por minúsculas formiguinhas como nós? Tenho milhões de formiguinhas na minha chácara, e ser simplesmente adorado (estaticamente, como na tradição cristã) por elas não acrescentaria nada aos meus projetos e objetivos. Adoração é estelionato de religião dez-por-cento. Thor não precisa disto, e nem paga por isto (embora os suspeitíssimos intermediários digam o contrário).

Continua, o Paraíso inviável, com a eterna contemplação, entrecortada de cânticos orfeonados por anjos celestiais. Bom, anjo pra mim lembra Mulher, e lá no Céu eu me concentraria nas belas curvas sobre as vestes diáfanas, esquecendo música e contemplação e pensando besteira. Mas essa eterna contemplação embalada por música é sonho de preguiçoso-passivo. Para os não-preguiçosos como nós, Thor inventaria fácil-fácil eternos videogames, cada vez mais excitantes (com muito sangue, explosões, violência, mortes dos "inimigos" e outros recursos hollywoodianos), até que... explodíssemos ou sobreviesse... o tédio. Putz! não é que o homem (Saramago) acaba tendo razão nesse ponto?!

Bom, prefiro o descanso eterno ao Paraíso eterno e tedioso.

Dante Sempiterno - ( dantesempiterno@hotmail.com ) disse...

Gosto muito de seus comentários, e mais ainda quando discordamos. Acho um ponto culminante da linguagem. Bem, mas quanto a Saramago, sou obrigado a um tanto "contraditoriamente" concordar contigo. Ele não é um filósofo, propriamente dito, e concordo ainda muito mais, motiva de maneira comum muito pouco ou nada o convite à filosofia. Isso e mais, quanto à Saramago, se deve em principal pela minha irremediável escravidão às paixões, de maneira que cego a mim próprio às vezes, porque amo demais Saramago, para mim é o número 1. Thor... rsss Gostei muito!!! Ótimo!!! Abraço, Valdir, tua vinda ao blog é a vinda da luz intelectiva que não somente brinda mas melhor qualifica qualquer tentativa de minha parte. Valeu!!!

BLOG DE POESIAS DO PROFEX disse...

Viajei, divaguei e adentrei ao paraíso, com e sem Saramago.
Grande reflexão.
"Tudo-ao-mesmo-tempo-agora-inferno-paraíso" - acredito nisso e sinto-me com uma aura divina ao pressentir que posso desmembrar, separar, escolher este paraíso. A arte permite isso, a a santa loucura, livre de pre-condições e subterfúgios, loucura natural voluptuosa por não entendermos nada do script, mas querermos atuar na peça,,,
Grande abraço

Dante Sempiterno - ( dantesempiterno@hotmail.com ) disse...

Fiquei muito feliz com a visita e comentário. Espero recebê-lo mais vezes; suas palavras o mostram no melhor tipo de luminosidade que queremos. Valeu, mesmo!!!