CAMPO DOS GUAICURUS

CAMPO DOS GUAICURUS

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

DO FACEBOOK 29.09.2011 - SUPERIORES DOS SEMPITERNOS



O que é ser "sempiterno"? O que é alguma coisa? "Nada... e Tudo", responderia Saladino como quando respondeu ao jovem e resistente líder judeu/cristão, derrotado, à pergunta, "O que há aqui, pelo qual se matam os homens?" (lógico, com outras palavras :o) Acho que uma rendição à condição de inerência à imperfeição nas coisas e gentes... Mas, sério, quem basifica a possibilidade chamada vida, não são sempiternos...


Chamamos essas pessoas pelos seguintes nomes muitas vezes: Pai, mãe, irmão, professor, chefe, funcionário, ou "simplesmente" amigo. Pessoas feitas de aço espiritual, que poderiam desanimar e entregar o mundo para a vagabundagem, para a pilantragem tão cheia de truques que levou ao revolucionário Baudelaire à cunhar "O maior truque de Satã é fazer com que pensem que não existe"... Adoraria dar um nome aqui, no face mesmo tem vários... Mas... eles aceitam seguir sem "nomes"...


Darei apenas um nome a todos: "Ordem". Que sejam eternos, ou nós, simples sempiternos, que não conseguimos ser tão lineares e férreos, tão lutadores e corajosos, não poderíamos Ser e Estar. Um viva a quem incansavelmente diz "bom dia gentes!", e segue, com maleta, com pá, vassoura, note, preocupações, tenho que fazer isso, aquilo, e segue, e luta, e estabelece e restabelece; em "Cem anos de solidão", Gabo os chama de Diáfanos: "sólidos, porém, por eles pode passar a luz"... Viva quem trabalha e é honesto... São a base do mundo.


Gente férrea, que chora quando ninguém vê, que sustenta candangos fofos que adoram uma petinha, que responde com o silêncio da sabedoria e continua, que sente vontade de desanimar, de entrar na orda de esculhambadores, mas não o faz, persevera, prossegue, luta por si e pelos outros; consegue ter gozos e orgasmos, pechinchar com o feirante, trocar de conta de terço e repetir o "Pai-Nosso..." E seguir, e celebrar, e dizer, "Não me acovardarei, lutarei para manter isso tão frágil que chamamos de sociedade..."



Embora os sempiternos sejam anjos tortos aliados dos Archanjos Celestes e não demoníacos; embora os bons sempiternos aliancem-se com Chapolim Colorado e os Bons, não são a base da possibilidade Ordem. Estes são os férreos paladinos da ordem, lutando contra tudo e todos, contra os inimigos na trincheira, para começar. Esses são aqueles que vergam as piores barras de ferro, que trabalham para carregar vagabundos de toda espécie...



Sempiternos, lutamos, trabalhamos, fazemos muito do que fazem os archanjos do mundo, esses que mantém-se com contas em dia, emprestam dinheiro para os desesperados, perdoam, realinham os desalinhados, apóiam, ajudam, oram no anonimato, não tocam trombeta, falam pouco fazem muito; mas eles sim, são o sustentáculo, o princípio e o fim... São chatos, mas, heróis podem, todos podem ser honestos e lutar, mas isso não é tudo... há mais, para que o mundo "pare de pé"... Archanjos, superiores a nós, sempiternos, mas, felizmente, estamos na mesma trincheira...

Nenhum comentário: