CAMPO DOS GUAICURUS

CAMPO DOS GUAICURUS

domingo, 19 de junho de 2011

REMINI... PAIXÃO VIOLENTA DISFARÇADA DE AMOR... REMINIC... CIÊNCIAS... REMINISCÊNCIAS... LÁGRIMAS... QUENTES, SILENCIOSAS E TEIMOSAS... SÃO UM TIPO TRANSPARENTE DE SANGUE (SARAMAGO)


Se um decreto fosse mais poderoso que a vontade e falta de vontade dos homens... não haveria mais fome.

 Se a palavra amor fosse tão sincera quanto musiquinhas bobas de uma titânica escolha medíocre para a arte, não haveria um ranking de separações tão evidentemente dissonante com "eu te amo tanto..."

Se a concupiscência fosse apenas um simples problema moral a ser resolvido, Erasmo não a teria evidenciado tão poderosamente, contra uma vontade inútil da parte da maioria dos homens...

Se não precisássemos tão desesperadamente de heróis, a frase acima, sobre concupiscência, seria vazia, mas não é, precisamos de heróis ou não crescemos...

Se essa palavrinha de duas letras, "se", fosse insignificante, o grande trio filosófico grego antigo não teria tanto a ela se atido...

Se o tempo não passasse como passa os jovens poderíam justificar o cinismo tão cada vez mais evidente...

Se Renato Russo e Senna não tivessem morrido tão jovens, a perfeição nas coisas teria atingido tal ponto que a história seria desconcertante para a maioria daqueles que teriam que "confrontá-los..."

Em um segundo essas coisas, de maneira abrupta e sem coordenação alguma, bombardearam minha mente e meu coração lembrou que eu contei: "Estávamos agarrados a touceiras de capim, nos arrastando para cima, grudados naquele morro que certamente mataria os descuidados, então passei a brincar com aquilo... E teu olhar me fez entender o que U2 diz... 'vejo a pedra em teu olhar...' Pior, eu percebi a frase não dita: "e porque não morreu? Teria facilitado as coisas...".  Recebi uma ligação e meu coração passou de cinzas a incêndio, era você perguntando se eu iria para jantar... Respondi alegre, muito feliz, que não... mas que estava muito feliz por você ter cogitado minha ida... Mal sabia que querias a confirmação de minha ausência para os fins que sempre existiram e existirão quando fracassar o amor... Lembrei o quanto me achavam generoso, forte, corajoso, hábil em lidar contra o poder da adversidade... e o quanto fui fraco contra uma verdade óbvia e irrefreável... Admiraram quando meus poderes físicos prevaleceram tão facilmente contra o inimigo, mas ninguém poderia ver que meu espírito havia sucumbido e eu me encolheria em mim mesmo por séculos em anos... Lembrei que o mesmo que denunciou a perfídia e provocou tal caos que pouco sobraria de mim, deste mesmo pouco me fez reconstruir-se em um ser melhor... Lembrei do que é essencial não esquecer, que de alguma forma misteriosa os caminhos não são apenas de nosso arbítrio, e que se nosso espírito inclina-se ao lado bom das forças dos mundos, na vida, dificilmente não nos levantaremos mais fortes do que caímos... Eu sou o espectro de Máximus, um dos bilhões deles... Nada tenho de muito especial a não ser isso, mas foi isso que fez a diferença, lutar quando tudo parecia perdido... Amo a Deus, amo meu Filho, Minha Mãe e Meu Irmão, a Vida, e vou aproveitar cada vez mais esse grande outono, antes que venha em algum instante o decreto do Inverno Final...

quinta-feira, 9 de junho de 2011

DEI MINHA ÚLTIMA CHANCE AO AMOR, ELE FRACASSOU, ÓTIMO! ESTOU NO OUTONO... É BOM... """"O PUNK É UM ATO DE GENEROSIDADE""""" ISSO SIM, É IMPORTANTE...


REFERÊNCIAS DAS IMAGENS:

open4dounloads.open4group.com
vermesdamadruga.blogspot.com
silenciodospoetas.wordpress.com
punks8wicca.zip.net
galeriarock.org.br
adolescenteenfreeday.blogspot.com
niceberry-xoxoe.blogspot.com

LINEAR OU ESCULHAMBADO? SURREAL? PUNK TOTAL OU PUNK ORGANIZADO? É, EU AMO TODAS AS VERSÕES PUNKS, EMBORA PONHA RESERVAS QUANTO AQUELAS ATITUDES CUJA IDIOTICE VIOLA O ESTAR DAS PESSOAS AO INVÉS DE OBRIGÁ-LAS A REFLETIR.



NÃO CONFIO MAIS NO AMOR... DEI-LHE UMA ÚLTIMA CHANCE. ELE EXISTE, É BELO, EXISTE EM SÃO FRANCISCO, MADRE TEREZA, MADALENA COMO SÍMBOLO, JESUS COMO SIGNIFICADO DE COMPAIXÃO, EXISTE NOS MOMENTOS EM QUE A SALIVA FAZ TODOS OS AÇÚCARES E MÉIS DO MUNDO ENCOLHEREM-SE AO MÁXIMO, POR RESPEITO... BEIJO NA BOCA... IMINÊNCIA SEXUAL... EXISTE O AMOR, SIM, ENTRE CASAIS FÉRREOS, E DEVO SER SOLENE E RESPEITOSO... MAS NÃO PARA MIM... CHORORÔ? NEM PENSAR, SOU UM DOS MILHARES DE ESPECTROS DO GENERAL MÁXIMUS...

NÃO ACREDITO MAIS NO AMOR, TALVEZ JAMAIS TENHA ACREDITADO UM NO OUTRO, EU E ELE, NO QUE SE REFERE À CONJUGALIDADE... É, DESCONFIEI DELE DESDE OS PRIMEIROS ANOS DE IDADE, QUANDO VI A DIFERENÇA ENTRE OS DISCURSOS E OS ATOS... DEI-LHE, REPITO, UMA ÚLTIMA CHANCE, MAS MINHA DESCONFIANÇA TORNOU-SE TÃO PODEROSA QUE ME ESCUDOU E SALVEI-ME DE UMA SEGUNDA TRAGÉDIA. ISSO É BOM, VEM AÍ O OUTONO, É OUTONO...


É OUTONO PARA MIM...


O HOMEM NASCE PRIMAVERA, TUDO PARECE TER UM ESPECIAL BRILHO SE NOSSOS PAIS NÃO NOS ESPANCAM E A SOCIEDADE NÃO NOS ESPORRA, TUDO É LIQUEFEITO, MÁGICO, ESTRANHO, E A FANTASIA OU NOS SERVE NA PAZ, SE HÁ SORTE DE HAVER UM LAR COM AMOR, OU TRANSFORMA-SE NO REFÚGIO ONDE NOS ESCONDEMOS DA ESTULTICE VIOLENTA DOS IMBECIS, DOS DOUTORES BOBOS DISFARÇADOS DE AMOR... QUEM ME LÊ ACHA QUE SOU RANCOROSO E MAL AMADO... ACERTA EM PARTE... ACONTECE QUE SOU DOTADO CONTRA A MAL AMÂNCIA, MAS, FELIZMENTE, TAMBÉM CONTRA INVASÃO DO RESSENTIMENTO...


O HOMEM PASSA DA PRIMAVERA AO VERÃO E DESCOBRE COMO É DURA A FRASE "GANHARÁS O PÃO COM O SUOR DO TEU ROSTO". DESCOBRIRÁ QUE AO PAGAR UM TALÃO DE LUZ/ÁGUA, JÁ VEM OUTRO... TERÁ QUE SE ESCONDER DAS FARSAS DO SOCIALISMO E DO CAPITALISMO... TERÁ QUE CONSTRUIR OU FINGIR QUE CONSTRÓI UMA FAMÍLIA OU DESCOBRIR POUCO A POUCO COMO NÃO O ENTENDEM E COMO JAMAIS VIRÁ A ENTENDER A SOCIEDADE E ELA JAMAIS VIRÁ A ENTENDÊ-LO...


CHEGAMOS AO OUTONO, É NELE QUE ESTOU, PLENO... TENHO SAÚDE, MEU PAU AINDA LEVANTA DESDE QUE HAJA O DEVIDO INCENTIVO, SOU SUSCETÍVEL À PAIXÃO, ATÉ MASTURBO-ME COM VIGOR (NÃO DESPREZE JAMAIS ESSA CHANCE DE FAZER AMOR COM QUEM VOCÊ MAIS AMA - DIZ W. ALLEN) PARA MIM É AINDA QUASE ADOLESCÊNCIA... GOSTO DE ROCK E SÓ TOLERO AS PORCARIAS FORA DELE PORQUE TENHO QUE RESPEITAR AMIGOS GRANDIOSOS... SEI LER, CONSIGO ESCREVER UM POUCO ACIMA DA MÉDIA, SEI FAZER AMIZADES... DE QUE RECLAMAR NESSE OUTONO? DA FALTA DE AMOR? ME LIVREI DA FALTA QUE ELE FAZ, EM DEFINITIVO E COM UMA NOVA TRAIÇÃO DESCOBRI QUE TENTAR TÊ-LO É DISPENSÁVEL AO MEU OUTONO...


VIRÁ O INVERNO, EM QUALQUER MOMENTO DESSES HAVERÁ UMA PORRA DE UM CÂNCER, UM CARRO NUM MOMENTO DE TONTICE, UM TIRO, UM ATAQUE CARDÍACO, UM ANEURISMA... UM DERRAME, UMA MERDA QUALQUER. SE HÁ ALGO QUE NÃO PODEMOS NEGAR À MORTE É QUE É SOCIALMENTE CORRETA, SERVE A TODOS DE MANEIRA IGUAL E DIFERENTE, É A PERFEITA "CONSTITUIÇÃO INTERPLANETÁRIA TOTAL".  GOSTARIA DE VIVER OS DIAS EM QUE A ESPERAREI, NATURALMENTE, DEVAGAR, SEM FOICE, COM UMA ANESTESIA FINAL E TOTAL EM FORMA DE COMPRIMIDO DOCE COMO MELHORAL SALMÃO; QUE ELA CHEGUE COMO CHEGOU A ELIPHAS LEVI , OU A REMY, FINDANDO-ME NATURALMENTE ENQUANTO PAPEIO COM AMIGOS.


O PUNK É UM ATO DE GENEROSIDADE. QUE BOM QUE VIVI PARA CRAVAR ESSA PORRA DE FRASE. SOU UM SEMPITERNO, AMANHÃ TINHA PROJETOS, CHEGOU A HORA... STAWWWW! MUDA TUDO. MEUS AMIGOS NÃO SUPORTAM MAIS OUVIR A PALAVRA PROJETO, DE MIM... MAS SOU ASSIM, CONSTRUTOR DE PALAVRAS (OPA, QUE PRESUNÇÃO) UTILIZADOR DE PALAVRAS NO QUE BRETON CRAVOU "ELAS FAZEM AMOR"... E MARIA EMÍLIA, PROFESSORA DIGNÍSSIMA DA UFMS QUE LEMBRA UMA AMIGA NO DIZER "PALAVRAS... ESSA MARAVILHA..." E LIDANTE COM IDÉIAS QUE SE CHOCAM COMO A BRUMA QUE ACOMPANHA O MAR EM SEU ETERNO ARREMETER CONTRA AS ROCHAS NEGRAS...


AMO OS PUNKS, AMO A PUNKIEDADE, ELES SÃO O PRINCÍPIO E O FIM, CONSTRUÍDOS OU NATURAIS, MARAVILHOSAMENTE INGÊNUOS COMO SID, ESTÉTICOS COMO SID E DALI, PODEROSAMENTE INTELECTUAIS COMO MAURICE BLANCHOT OU NIETZSCHE... É, NIETZSCHE É PUNK... E DA LINHA DURA... "TUDO É UM ETERNO RETORNO"... NÃO CONHECERIA NIETZSCHE COMO CONHEÇO SE NÃO FOSSE BERTELLI... BERTELLI É PUNK... TUDO QUE É FORTE NO MUNDO É PUNK... VANESSINHA É PUNK...


O PUNK É UM ATO DE GENEROSIDADE... ESSE É O PRINCÍPIO, GOLDWIN "INVENTOU A ANARQUIA", A FILHA DE SUA ESPOSA CRIOU O MAIOR SIGNO DA HISTÓRIA DA HIPOCRISIA HUMANA E CHICO BUARQUE DE HOLANDA ESCREVEU A MELHOR MÚSICA POSSÍVEL SOBRE A PALAVRA HIPOCRISIA... CHAMA-SE GENI E O ZEPELIN... O PUNK PERMITE PELOS QUADROS DE SALVADOR DALI, PERMITE PELA MICHARIA DE ACORDES DE VICIOUS, PELA GENIALIDADE DE RAMONES, PELO DESPEDAÇAMENTO QUE LAUTREAMONT FEZ ENQUANTO REALIZAVA UMA DAS FODAS MAIS PRODIGIOSAS E INTENSAS QUE UM HOMEM FEZ NAS PALAVRAS... O PUNK É UM ATO DE GENEROSIDADE.... "UM ATO DE GENEROSIDADE" ESSA FRASE NUNCA FOI TÃO PERFEITA COMO NO FINAL DO FILME "DESEJO E REPARAÇÃO", VERSÃO DUBLADA, QUE CONTA A HISTÓRIA DE IAN MAC'EWAN EM QUE UMA MENININHA SE APAIXONA PELO NAMORADO DA IRMÃ E FERRA A VIDA DOS DOIS... A HISTÓRIA É FODIDA DE LINDA... TEM UM FINAL CHORANTE MESMO, DOLORIDO, CRUEL, MAS LINDO... COM JAMES MC'AVOY (FAUNO DE NÁRNIA) E KEYRA KNIGTLEY (DE ARTHUR).... EU CHOREI UM CHORO PUNK... EU SEI AS MERDAS DAS MENTIRAS QUE ME RODEIAM, PREFIRO MINHAS PRÓPRIAS MENTIRAS... ELA DIZ (A PERSONAGEM PRINCIPAL) JÁ NO INVERNO, EM COMPANHIA DE UM CÂNCER NA CABEÇA "ESTOU PERDENDO A MEMÓRIA, E ISTO É UM SÉRIO PROBLEMA PARA QUEM ESCREVE"... NA REALIDADE ESTE LIVRO É O PRIMEIRO E NÃO O ÚLTIMO (PARADOXALMENTE), "COMO??? NÃÃOO! FOI UM ATO DE GENEROSIDADE, AFINAL ELE MORREU DE SEPSIA UM DIA ANTES DO EMBARQUE DE RETORNO, E ELA, AFOGADA EM UM TÚNEL/BUNKER, QUANDO EXPLODIU UM DUTO E O INVADIU" (A CENA É FO-DI-DA)... UM ATO DE GENEROSIDADE...

DEI MINHA ÚLTIMA CHANCE AO AMOR E ELE FALHOU PARA MIM... TALVEZ ISSO SEJA BOM, CAUSAS E EFEITOS... VAMOS À LUTA, COMO O "REI", QUANDO O PSICANALISTA ALEMÃO LHE LEVOU A MULHER  EM TROCA DA QUE PERDEU ASSASSINADA PELOS BANDIDOS DO "REI", E ELE CHAMOU MURDOCK, "O DEMOLIDOR" DE FROUXO, PORQUE NÃO AGUENTAVA O ABANDONO... EU AGUENTO, FUI FORJADO PARA RESISTIR AO AMOR... ATÉ O INVERNO... E QUANDO O INVERNO CHEGAR, EU QUERO ESTAR JUNTO A MIM...  (E NÃO ME VENHAM COM A MERDA DA AUTO-AJUDA).


 UM ATO DE GENEROSIDADE, TRÊS ACORDES, HARMONIA EM TUDO, PARTILHA, DESPREZO JAMAIS ENTENDIDO, FORÇA, O PUNK É FODA MAL ENTENDIDA NO MUNDO,,, MAS, NEM AÍ... PUNK É PUNK, UM ATO DE GENEROSIDADE... UMA FODA TOTAL NOS TERMOS DE BRETON... DE SEU "INIMIGO" DALI... UMA FODA CÓSMICA, LETRAL... 


KEYRA, O VESTIDO VERDE, O FAMOSO VESTIDO VERDE...


O PUNK É UM ATO DE GENEROSIDADE...  ISSO VAI LONGE... AO MENOS SE DEPENDER DE MIM E ALGUNS MALUCOS QUE DES-PENSAM IGUAL. SIM EU SEI, HÁ MUITOS EQUÍVOCOS AÍ... MAS, VOLTAR À ORIGEM É A SOLUÇÃO... O BATER DE ASAS DE UMA BORBOLETA... PODE GERAR NOUTRA GEOGRAFIA UM FURACÃO... VOLTAR AO PONTO DE ORIGEM, AO SIMPLES, AO INCOMPREENDIDO, PODE SER A RAZÃO DE RESOLVER... (EDUARD LORENZ)...