CAMPO DOS GUAICURUS

CAMPO DOS GUAICURUS

terça-feira, 3 de maio de 2011

O QUE É MEME? HOJE EU BLOGUEI! HOJE EU bLOGUEI! hoje EU Broguei! HOJE EU BLOGUEI


REFERÊNCIAS DAS IMAGENS

hoteloja.blogspot.com
comunidademib.blogspot.com
guerrasdraconicas.wordpress.com
reinaldo.pro.br
pitacosfashion.wordpress.com


Um bebê começando sua luta pela propriedade? O poderoso Houaiss (por enquanto, pois eles são f... e logo dominarão o meme) nada me esclareceu, nada mesmo disse sobre isso. Então o Google deu as opções esclarecedoras e em mais um desses empreendimentos de passear pelos túneis e estuários imprevistos e pandorísticos, fui cair num blog porreta: http://verdadeabsoluta.net/va-news/o-que-e-meme-e-por-que-isso-me-irrita-tanto . E ao clicar em "siga nosso feed...". Deparei com a antiga semi-nudez da Suzuki... Nossa! Que espetáculo, vê-la ali, desinibida, dando uma lição de como sutilmente se realiza uma parte do papel de mulher no mundo... E o cara do blog escreve, é um mestre em escrita blogueana, blogueira, bloguiana... Um "meme"? Não... Não para o que utilizarei da palavra meme. O Wikipédia diz que um sujeito chamado  Richard Dawkins, em seu bestseller "O Gene Egoísta", é o desvirginador da longa espera do termo em aflorar e prostitir-se com a mais prostituta das coisas humanas, a bela da tarde, manhã, noite, flores e açoites, a LLinguagem (data da invenção desta pequena marca linguagem com dois eles - 03.maio.2011. Inventor, Yo, mais precisamente Dante Sempiterno ou Jorge Ostemberg). Pois bem, Trabalhando em seu livro Dawkins, diz o Wiki (http://pt.wikipedia.org/wiki/Meme), "é para a memória o análogo do gene na genética". É mole? Que poder tem o tal do meme... Mas essa palavra me chamou a atenção num flash, sobre a tal (não sei quantas teve) dama de honra do casamento de um príncipe, filho de Day, aliás, sinto indisfarçável orgulho de não ter nem mesmo furtivamente me proposto a ver sobre o tal casório. Flash, porque todos sabem que as manchetes no UOL/Etc provocam isso... E estava lá "o 'novo' meme". Então, nessa terra de macacos que pulam olhando pernudas gritando bobeiras, de modo facim facim... Pensei: "Aqui o tal meme vai colar, como colou o Twitter". Tem coisas que inventam para nós brasileiros. Não inventamos, porque temos preguiça ou não conseguimos, aí os caras inventam e a gente faz como os cristãos fizeram com o receituário divino judaico "É nosso, tá dominado". Mas existe uma contraposição entre o meme twittário e o Dawkiano. O último carregava uma proposta antagonista, produtiva, pela essência dialética ou que a valha. Ou seja, não repetir, pura e simplesmente, mas dar uma purificada, um contra-gosto, algum "não, para essa parte, aqui é assim"; modificar o bicho um pouco, antes de copiar e despachar. Copiar não é problema, se assim o fosse Pascal e Shakespeare deveriam receber uma cadeia pós-mortem por plágio. O problema é a imbecilidade constante no método hipermegatronic-copy. Mas... Assim prosseguimos... meméticos, nada heréticos, Cara... A Suzuki é agora uma senhora, até apareceu sua solene barriga de gestante e tals, com o sortudo maridão. Merecem respeito. Mas a semi-nudez dela é um tesouro... É do passado lindo de Helena e Xuxa naquilo que a última recusa mas não recusa... Sensualidade que não heroiza texto algum... Quem consegue falar pra valer disso? Freud? Homero? É do silêncio do mundo, do tesão em que ninguém acorda nada mas todos nós, quando revestidos ou interiorizados de cafajes'tismo', sabemos... Que delícia... Bem, recomendo o blog dos caras, ou do cara. São bons mesmo, elogiando pouco. MEME: idéias ou parte delas, na forma de línguagem, sons, desenhos, representando objetos morais ou estéticos, capazes de serem aprendidos na maneira parecida a meramente copiar. Ctlr C Ctlr V e se segue... Por isso a comparação com gene, ocorre como que "naturalmente". Exemplo? Do meu tempo, parece exemplificar bem, a palavra "impeachment", que rachou o Collor e fez cócegas no Lula, a propósito, "junto" com o flash da menininha cor de mostarda aguada, vi que volta o zoiudão, Delúbio, aquele da festa com mangueirão, e tals... Então, a palavra impeachment só fez cócegas no Lula, e desviou demais a capacidade do Diogo Mainard. Então o meme parece ser capaz de sofrer um revés, pode ser um dezaprendizado, no futuro, um vai copiando o outro em esquecer ou se fazer de bobo de tanta preguiça de mexer na atomística.

Nenhum comentário: