CAMPO DOS GUAICURUS

CAMPO DOS GUAICURUS

sábado, 22 de março de 2008

PATTI SMITH - PEOPLE HAVE THE POWER







Na primeira vez que vi o clip, não poderia imaginar que era a "Rainha do Punk Rock". Também não poderia imaginar que aquela descabelada com olhar de cinzas vivas e nitroglicerinadas pudesse chorar tanto pela injustiça da lobice do homem. Redimir e condenar o homem é uma briga tão sangrenta do sangue invisível da intelectividade que ainda não pararam para avaliar com realidade algo tão só aparentemente irreal.

Eu gosto da acidez, da realidade, da vontade que tenho de acreditar em Diogo Mainardi. Gosto de ouvir (ler) gente genial como ele, apesar de achá-lo tolo quando chama de tolo gente maior que ele no campo imaginativo. Gosto que ele seja impiedoso com a laia lobal vestida de fofinhos dom quixotescos. Gosto que toque o ferro até nos puxa-sacos dele.... Mas... prefiro a aposta no fracasso, prefiro o Sucateado Sartre que Diogo. E nas relações estranhas e aparentemente improváveis, e aparentemente prováveis, vem Paulo Francis elogiando Sartre, vem Sartre distribuindo panfletos de Mao Tsé Tung, vem Diogo Mainardi.


Patti Smith diz que: "o povo tem poder", mas, de forma oblíqua, enevoada, não dada, sim, desafiada. Diz sobre exércitos estranhos e estranhas coisas, mas as imagens do clip deixam clara a crítica contra a patetice da prática do comunismo sem o preparo de 10 mil anos, sério, que é necessário. A voz dela é linda, as batidas harmonicamente lindas, os olhos, os olhos dela... Deus, que música linda : http://br.youtube.com/watch?v=i54t4rrS950 . Verifiquem...


Eu nasci sozinho, nada devo a ninguém... é isso que sei, do que não sei, devem ser minhas dívidas quanto à vida. Vou fuçar livros, filmes, arte, enfim... talvez me aproxime mais de Deus, do comunismo que não existiu, do home não lobo... da mulher que ama e consegue ser amada com liberdade... People have the power... Stranger Love... Enjoy The Silence, que coisa... ALL.

Nenhum comentário: