CAMPO DOS GUAICURUS

CAMPO DOS GUAICURUS

terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

OBRIGADO ANJO DOS CACHOS DOURADOS... PELAS LETRAS...


DEVO MUITO, isso é fato. A alguns devo muito mais que a outros. São dívidas umas possíveis outras impossíveis de se pagar. Então, às vezes quero muito não cuspir em prato que comi, mas há ocasiões em que dá vontade, isso há. No entanto, fazer isso não é inteligente, e muito menos justo. Na realidade as pessoas são muitas vezes maravilhosas, mas não adequadas à gente e no maior das vezes nós é que não somos adequados a ela.
Sou especialmente grato a uma pessoa, que me deu as portas para a faculdade. Fez-me ver que o que faltava era apenas se inscrever no que queria e passar no concurso. E não só isso e muito mais para o retorno que infelizmente não ocorreu todo. Que não pense essa pessoa que não sei que até este momento, foi quem mais me apoiou efetivamente e possibilitou o início da saída do Inferno. Minha reconciliação com a paz. E desejo a ela toda a sorte do mundo. E que entenda que precisamos cada um seguir seu caminho, pois aconteceu o momento disso, sem engenho de qualquer uma das partes e sim pelo natural desenrolar dos fatos e diferentes naturezas de cada um.
De uma forma única, eu sempre a amarei. Na consciência de saber que o que principalmente nos afastou, foi a impossibilidade de eu responder às belas e justas expectativas que ela tem sobre o que seja um relacionamento a dois. Ninguém é perfeito, mas ela chega perto da perfeição e eu da imperfeição moral, então...
Finalmente só posso dizer que será sempre a lembrança mais doce e iluminada de um período de trevas mentais e pragmáticas... E perdôo e quero ser perdoado... Porque entre dois sempre será esse ato um salvaguardo para que mais belas possam ser as lembranças...

Nenhum comentário: