CAMPO DOS GUAICURUS

CAMPO DOS GUAICURUS

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

SE, SE, SE... BEM, MELHOR É CELEBRAR (de Rilke)


Se Beatriz tivesse amado Dante, tivesse a ele se dado como esposa e o cuidado até os dias finais, teríamos a "Divina Comédia"? Gide diz que com bons sentimentos se faz péssima Literatura e Oscar Wilde diz que toda má poesia é sincera. Eu não tenho mais terra fértil em meu coração, creio. Será que serei um bom literato? 

Ao menos é o que perseguirei implacavelmente até o final de meus dias. Não creio que basta ser triste ou ter levado uns chutes na bunda para ser bom poeta. E como ensinou a prof. Rosana Zanelatto, não basta apenas ler muito... Talvez eu morra medíocre escrevendo sobre papéis chamados "esperanças". Mas, mesmo que isso acontecer, até o último segundo de minha vida, saibam, estarei tentando ser um bom escritor e alguém que saiba razoavelmente sobre Literatura. 

Não sei se o destino é que me fez, do nascimento até aqui, predestinado à realização poética, prosa literata, proesia... Na realidade creio que nasci com inclinação para a arte, no modo como afirma Sartre: a "vocação inicial"... De resto, sei lá... Sei é que gosto muito de escrever e escolhi fazer Letras por amor... Não sei se algum dia termino o Curso de Letras. É importante? Sim, claro que é; mas  há importância maior para mim em letras, fazê-las, mais que estudá-las.

Nenhum comentário: